Escola ensina programação e “STEAM Education” para crianças e adolescentes.

0

por Tainá Freitas 10 de abril de 2018

A Yadaa é a primeira escola de STEAM Education no Brasil, ensinando conceitos de engenharia, tecnologia e arte para crianças.

O Fórum Econômico Mundial afirma que 65% das crianças que estão na escola primária hoje irão trabalhar, no futuro, em trabalhos que ainda não existem. Em outro relatório, de 2016, o mesmo órgão afirma que a indústria de mobilidade espera um crescimento na oferta de emprego, mas que quase 40% das funções das vagas ainda não fazem parte das habilidades básicas das mesmas funções atualmente. A Nova Economia está trazendo mudanças ao mercado, no qual a tecnologia ganha cada vez mais importância.

Se no futuro as demandas serão outras, cabe às crianças e adolescentes aprenderem de acordo com as novas habilidades. Esse é o objetivo da Yadaa, a primeira escola brasileira focada em STEAM. “STEAM” compreende as siglas de “Science, Technology, Engineering, Arts and Math”, que correspondem à ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática.

Em 2012, o empreendedor Antonio Paes estava no exterior, presenciando o surgimento de várias ferramentas que podiam auxiliar no ensino para crianças, como o Arduino, Scratch e Lego. Começou, então, a elaborar uma matriz curricular de uma escola específica de tecnologia. A Yadaa foi fundada em 2014, em São Carlos, polo tecnológico e universitário de São Paulo.

Ao contrário das aulas convencionais, as aulas da Yadaa são baseadas em projetos. A aula expositiva dura poucos minutos – na maior parte do tempo, os alunos estão posicionados em grupos, colocando a mão na massa. A intenção é que eles desenvolvam um projeto por aula, usando os conhecimentos adquiridos. A junção de teoria e prática garante que o conteúdo foi ensinado.

As aulas são voltadas ao público de 7 a 18 anos, que podem aprender mais sobre programação, robótica, animação, impressão 3D, criação de aplicativos, entre outros. As aulas são divididas em módulos partes da grade curricular ou livres.

A Yadaa traz cursos de introdução à programação na plataforma do jogo popular para crianças Minecraft, o que permite que os alunos aprendam se divertindo. “O grande diferencial é conseguirmos, realmente, tirarmos a criança do modo passivo de ficar vendo vídeos no Youtube ou jogando e trazê-la para um papel onde constrói novas tecnologias”, comentou Antonio Paes, CEO da edtech.

O desenvolvimento de projetos somado à interação em plataformas já conhecidas e queridas pelos alunos garante o engajamento mesmo em conteúdo mais avançado. “Nós ensinamos programação, mas todas as aulas possuem conteúdo de matemática, ciência e engenharia”, afirmou Paes.

Atualmente, a escola possui unidades em São Carlos, Araraquara, São José dos Campos e Rio Claro, cidades do Estado de São Paulo. Mas, devido ao modelo de negócios, é possível encontrar os cursos em escolas particulares e há a previsão de lançamento de aulas online em junho deste ano. A startup possui planos de expansão para outros estados no ano que vem.

“A STEAM Education é parte do futuro. Não é o simples e único meio de educação, mas é grande parte de como as coisas devem fluir daqui em diante”, finalizou Antonio Paes. Confira o depoimento e a experiência dos alunos:

Gostou do projeto? A Yadaa será uma das startups presentes no Startup Village da EdTech Conference que acontecerá no dia 18 de abril. Garanta a sua vaga no evento e fique por dentro das últimas inovações no mundo da educação!

Fonte: www.startse.com.br

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here