8 dicas para impulsionar a carreira de músico na Internet

0

Aproveite tudo aquilo que a Internet oferece para ajudar a alavancar sua carreira de músico!

O cenário musical, atualmente, como diversos outros setores, vive uma era de excessos. 

Há intensa produção musical ao redor de todo o mundo e, com as facilidades trazidas pela internet, uma gama enorme de pessoas talentosas tem a oportunidade de divulgar seus trabalhos online, utilizando esta saída para alcançar um público que não se alcançaria apenas cantando em barzinhos ou fazendo shows em eventos. 

Contudo, este excesso de conteúdo circulando pela rede faz com que muita coisa boa se perca.

Afinal, embora a internet ofereça muitos recursos para divulgação e alcance de audiência, é difícil obter destaque no meio de tantas pessoas buscando atingir o mesmo objetivo. 

Nesta busca por destacar suas carreiras, muitas pessoas se perdem, inclusive pelo excesso de informação e canais de divulgação e aperfeiçoamento da profissão.

Este artigo tem como objetivo ajudar você, músico, a organizar sua carreira musical com intuito de divulgar seu trabalho e encontrar a – sua! – audiência. 

1. Projete a imagem que quer passar

Antes de sair por aí tentando fazer com que sua música obtenha sucesso lançando-a de rede em rede, tenha em mente que você precisa preparar o terreno para ser bem recebido quando for fazer seus lançamentos. 

Preparar o terreno nada mais é que fazer um planejamento, incluindo suas ações de marketing, para tocar sua carreira. 

Inclusive, já existe o ramo de Marketing Musical, que viabiliza técnicas e facilidades de marketing voltadas para o trabalho do músico. 

Mas o que é exatamente projetar a sua imagem? 

Aqui não estamos falando apenas de projeção nas redes sociais, mas é certo que você precisa ter uma boa estratégia de auto-promoção para elas também. 

Muitos artistas caem no erro de criar um personagem muito diferente de quem realmente são, sem nunca alcançarem seus objetivos com a música. 

O importante ao projetar sua imagem é identificar e valorizar aquilo que te torna único, especial, diferente. 

Valorizar características que te diferenciam dos outros é o que fará com que possa formar sua própria audiência, que se ligará a você não apenas por sua música, que ela pode nem conhecer ou nem curtir ainda, mas especialmente por sua personalidade. 

É importante que você trabalhe bem essas características para constituir sua personalidade, ou seja: seu branding, sua imagem. 

2. Interaja com pessoas do meio artístico e do meio musical 

Um músico jamais pode deixar de se conectar com as pessoas ao vivo.

É importante valorizar as redes sociais, mas você precisa ser visto e conhecido pelas pessoas do meio musicalno qual pretende adentrar.

Ser conhecido por estas pessoas tornará mais fácil ser ouvido e respeitado por elas, cujas opiniões terão peso na formação de sua carreira. 

É importante que se conecte a outros artistas que não músicos: pessoas de outras áreas que também utilizam a música em seu dia-a-dia são ótimos contatos, que podem sempre gerar oportunidades de bons trabalhos – como trilhas para filmes, comerciais e projetos – e fazer com que você se torne mais conhecido. 

Cantar em barzinhos noturnosfazer shows em shoppings e eventos pode ser uma boa maneira de começar a se apresentar para e frequentar o meio musical de sua região. 

3. Escolha um bom nome artístico 

Esta dica é bem básica e prática, porém essencial: se você é cantor solo, procure usar como nome artístico a melhor combinação possível de seu nome e sobrenome, ou mesmo crie um nome artístico. 

Caso tenha uma banda, atenção também ao nome que ela vai ter. 

De acordo com a famosa – e, infelizmente, já falecida – produtora Lisa Lepine, como conta Chris Robley no site Somos Música, 80% do marketing de sua música já está garantido se você possui um bom nome. 

E, certamente, não deve ser você – ou sua banda – quem vai afirmar se o nome escolhido é bom ou não.

Neste caso, a opinião de pessoas do ramo, como a de produtores musicais, por exemplo, é a melhor saída para te ajudar a bater o martelo em sua escolha ou te orientar a buscar um nome melhor.  

4. Tenha um site profissional 

Um site profissional é o lugar ideal para você fornecer informações relevantes sobre sua carreira, suas músicas, eventos importantes dos quais participou… enfim, é a oportunidade perfeita para montar uma apresentação sobre você ou sua banda. 

Também é o meio através do qual outros artistas e produtores poderão conhecer mais a fundo seu trabalho, de uma forma menos informal que nas redes sociais.

Um site profissional é, portanto, requisito essencial para divulgação da carreira de músico. 

Você pode – e deve – publicar suas músicas em redes socias próprias para este fim, é claro, mas tendo seu site como ponto de partida para todos os outros meios nos quais seu trabalho pode ser acompanhado. 

Afinal, através de seu site é que as pessoas poderão ter acesso ao que você produz de melhor e avaliar se querem ou não entrar em contato com você para trabalhos e parcerias. 

5. Cative o público nas Redes Sociais

Digamos que você já canta em barzinhos, faz covers de artistas famosos e posta no seu canal no Youtube mas quer se lançar ou lançar sua banda no meio musical e pra isso quer usar uma música de autoria própria. 

Uma música inédita. 

Cativar bem o público nas redes sociais antes de lançar sua música é muito importante. 

Criar uma relação com o público das redes sociais e tranformá-los em sua audiência não é uma tarefa simples, mas também não é impossível. Você só precisa se dedicar a isto. 

Conte aos seus seguidores e contatos a sua história mostrando quem você é; aproxime-se deles com publicação de conteúdo que lhes interesse e ao mesmo tempo faça com que eles queiram saber mais de você. 

Afinal, com tanta gente talentosa lançando músicas boas o tempo todo, você dificilmente terá destaque no mercado apenas por conta de sua música.

O que te tornará especial e fará com que as pessoas se interessem por você é o que você tem de único e diferente, como sua história de vida, por exemplo.

As redes sociais tem essa premissa de proximidade e interação, e é disso que os usuários realmente gostam. 

Fomentar a interação com esse público é fundamental para cativar esse audiência que tem o potencial de se tornar enorme. 

Entretanto, para atingir este potencial é preciso que você utilize estratégias de Marketing Digital em todas as suas ações, especialmente no que diz respeito ao conteúdo que posta. 

Inclusive, a partir das interações nas redes sociais é que você começará a formar seu público, seus fãs. Não pense que poderá atingir e agradar a todos os seus seguidores e contatos, este nem deve ser seu obetivo.

O importante é que você tenha uma audiência formada por aquelas pessoas que gostam do seu estilo ou de sua banda, e aprenda a segmentar suas publicações para atingir a um público específico. 

6. Publique suas músicas em redes sociais e plataformas para músicos

A partir de sua interação com o público de suas redes sociais, você criará sua própria audiência, que te acompanhará em outras plataformas. 

Por isso, após lançar sua música, publique-a em plataformas como ReverbNationPalco Principal ou MySpace

Apesar de plataformas como o MySpace, por exemplo, terem perdido a força intensa que tinham, ainda são interessantes para músicos que estão iniciando sua carreira. 

7. Impulsione em Redes Sociais

A partir do momento em que você já tem uma marca, um perfil bem estabelecido, já utiliza as redes sociais, já um bom site e uma música boa para ser lançada, é hora de começar a investir dinheiro no impulsionamento de suas publicações e em anúncios. 

Se não puder impulsionar em todas as redes sociais que utiliza, escolha a que considera que melhor atende aos seus objetivos e comece a investir em impulsionamento, aprendendo táticas de marketing digital para tanto, inclusive para escolher o público-alvo a quem seus anúncios vão ser direcionados. 

Investir em anúncios no Facebook, rede social com maior quantidade de usuários no mundo, em Google Adwords ou no Instagram são atitudes que você pode e deve ter, mas caso sua verba seja curta, busque entender as diferenças entre os tipos e objetivos de impulsionamentos. 

Este artigo explica bem as diferenças entre investir em Facebook Ads e Google Adwords, por exemplo, e pode te ajudar a entender para o que cada uma destas ferramentas é mais indicada. 

Este tipo de conhecimento é importante que você adquira ou que conte com auxílio, até mesmo consultoria, de quem entenda do assunto. 

8. Aproveite o Youtube 

Caso você tenha condições financeiras de contratar uma produtora para gravar vídeo-clipes, ou caso possa produzir você mesmo de forma profissional ou minimamente produzir com qualidade, publique-os em seu canal no Youtube. 

Caso ainda não tenha possibilidades de gravar vídeo-clipes para suas músicas, peça para gravarem seus melhores shows ou melhores canções em apresentações e eventos e publique-os lá, de forma que o público possa ver seu trabalho. 

Caso tenha possibilidade, publique vídeos que julga serem do interesse de sua audiência. 

Agora, se você tiver uma verba que te permita fazer anúncios de vídeos com sua música no próprio Youtube, tanto melhor! 

Fonte: www.c2ti.com.br

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here