GENTE QUE FEZ A PROPEG E A PROPAGANDA BAIANA

0

por Rodrigo A. Sá Menezes em 21/01/2019.

DOMINGOS LEONELLI

Leonelli faz 73 anos hoje. Um ótimo pretexto para registrar um pouco do que esse meu amigo e ex-sócio fez pela propaganda baiana, na Propeg e fora dela. Nas suas próprias e preciosas palavras:

A VOX, QUE EU HAVIA FUNDADO E MANTIDO como uma agência pequena, mas criativa, estava em péssimo estado financeiro, principalmente depois das campanhas eleitorais de Chico Pinto e Josaphat Marinho.

NUMA CONVERSA com Tácio Feitosa – à época gerente comercial de “A Tarde” – você lhe disse que a Propeg precisava de um diretor de criação com formação de redator. Tácio, muito por amizade e um pouco por legítimo interesse (pois a VOX devia muito ao jornal) indicou o meu nome e sugeriu a compra da VOX pela Propeg. Assim foi feito: a Propeg comprou a VOX e suas dívidas e ganhou um sócio diretor de criação. Um sócio cabeludo e comunista, que iria trabalhar maravilhosamente bem com o saudoso conservador Jorge Gama, com seu corte escovinha à militar. Bem, Gama já se dava muito bem com o pós-hippie Fernandinho Pedreira, diretor de arte genial que passou a fazer dupla comigo.

“COMO DIRETOR DE CRIAÇÃO E SÓCIO DA PROPEG, ganhamos alguns prêmios em campanhas memoráveis. Nos anos 70, mais especificamente em 1974, já se usava criar conceitos e trabalhar com eles. Por exemplo, “Banco Econômico, a solidez tranquila”. Imagem de uma onda batendo sobre as rochas do Farol da Barra. Congela a imagem da onda entra o conceito.

“PARA O CENTRO ADMINISTRATIVO da Bahia, que hoje considero como o maior erro urbanístico de Salvador, mas que na época todos acreditávamos ser a coisa mais certa do mundo, criamos “Construir o futuro para preservar o passado”.

“AINDA PARA O GOVERNO DO ESTADO COM ACM, o avô, á frente, fizemos um anúncio que entrou para o folclore politico da Bahia. Página dupla de fim de ano. Titulo: “A Bahia vai bem. Obrigado a você. A você, médico, a você pedreiro, a você carteiro, a você enfermeira…” — enfim era o governo agradecendo a todos os trabalhadores baianos.

AÍ, VOCÊAntonio Carlos Tramm, que dividia o atendimento ao governo, gostaram tanto que resolveram fazer uma campanha. A campanha ganhou um jingle, que encomendei a Batatinha e a Ederaldo Gentil, meus amigos sambistas, geniais, hoje falecidos. Eles criaram uma musiquinha genial: “A Bahia vai bem /como vai meu bem querer / a Bahia vai bem / obrigado a você”.

“DE NOVO, SERIA O GOVERNO AGRADECENDO AO POVO. Mas foi um sucesso tão grande que ACM se apropriou da música, invertendo o seu sentido e utilizando-a como jingle eleitoral: a Bahia agradecendo a ele.

“TIVEMOS OUTRAS CAMPANHAS IMPORTANTES, a do Tio Correa (varejo), que resgatou a famosa fobica de Dodô e Osmar no Carnaval. Ainda na Propeg, trabalhando para a Bahiatursa, criamos — eu e Eneias Guerra, com a participação de Eduardo Henrique Saphira Andrade — a campanha da “Feira da Bahia em São Paulo”. O outdoor dizia “Faça a feira mais faceira da sua vida”. Foi um sucesso! Com Antonio Carlos Tramm no atendimento, fizemos a campanha institucional do jornal “A Tarde” com os slogans “Saiu na Tarde, é verdade” e “Onde existe Bahia, existe A Tarde”.

“SAÍ DA PROPEG PARA VIR PARA SÃO PAULO, em busca de um aprimoramento profissional. Estava tentando um trabalho na DPZ ou na Alcântara Machado, quando o Deputado Chico Pinto fez o seu famoso discurso contra Pinochet, foi cassado e preso. Eu, que tinha meu nome inscrito no velho MDB apenas para compor a nominata do partido, fui escalado pelo PCB (a famosa dupla militância) para substituir Chico Pinto nas eleições. Tendo de ficar de novo na Bahia, fui diretor de criação da Publivendas e, depois, fundei com Fernando Passos a Engenho Publicidade.”

Parabéns pelo aniversário, Domingos Leonelli. Obrigado por tudo o que você fez na Propeg e na Bahia.

Gente que fez a PROPEG e a propaganda baiana:

Rodrigo A. Sá Menezes – Publicitário e construtor de empresas e marcas, como ORGAP, Propeg, Lew/Lara, Midialog, PPR, NBS.
COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here