GCLP: Bolsa para programa de liderança em cultura em Amsterdam

0

Você é jovem, trabalha como profissional da cultura e está buscando fortalecer suas habilidades como líder na área? A bolsa para programa de liderança em cultura é uma oportunidade para fazer parte de uma rede mundial de profissionais do setor. O Global Cultural Leadership Programme (GCLP) recebe inscrições até o dia 14 de junho.

Participantes da primeira edição do GCLP em Valletta, Malta, outubro de 2016.

A 3º edição do projeto da Plataforma de Diplomacia Cultural irá acontecer em Amsterdam, na Holanda, de 27 de outubro a 2 de novembro. A ideia do GCLP é reunir gestores culturais de diferentes lugares do mundo e de vários campos de atuação. Os participantes irão representar diversas áreas de prática cultural interessadas em ampliar o seu alcance.

Como é a bolsa para programa de liderança em cultura

A bolsa para programa de liderança em cultura é a principal iniciativa de treinamento da Plataforma de Diplomacia Cultural. Ela irá beneficiar 10 jovens provenientes da União Europeia e outros 30 de dez países parceiros (entre eles o Brasil). As despesas relativas a viagem, alimentação e hospedagem serão cobertas pelo programa.

Os bolsistas receberão formação para melhorar as suas habilidades em gestão cultural, desenvolver a aprendizagem baseada na prática e construir redes colaborativas. O GCLP foi criado em março de 2016 como suporte para a Comissão Europeia na implantação da nova “Estratégia da UE para relações culturais internacionais”. A plataforma tem o objetivo de levar a cabo atividades com vistas a reforçar o envolvimento cultural da UE com países em desenvolvimento e os seus cidadãos.

O projeto foi pensado com o apoio de importantes instituições culturais como o Palácio de Belas Artes BOZAR, o British Council, o EUNIC Global, a Fundação Cultural Europeia, o Instituto Francês e o Instituto Goethe.

 

Requisitos para participar do GCLP

Para participar, é preciso ser originário de um dos países membros da UE ou dos parceiros (Brasil, Canadá, China, Japão, Índia, México, Rússia, África do Sul, Coreia do Sul ou Estados Unidos). Além disso, o candidato deve:

  • Possuir entre 25 e 39 anos;
  • Trabalhar para uma organização cultural da sociedade civil (ONG), um empreendimento cultural (social ou não) ou uma instituição cultural pública (museu, biblioteca, etc);
  • Ter experiência de pelo menos 3 a 5 anos na área;
  • Ter alguma experiência anterior em redes internacionais de intercâmbio cultural;
  • Estar trabalhando em uma área ou posição que lhe permita ser multiplicador local ou nacional de novos conhecimentos em liderança e redes culturais globais;
  • Ocupar uma posição de liderança em sua organização;
  • Possuir interesse em colaboração cultural internacional;
  • Falar inglês.

Como se candidatar ao programa

Os interessados devem enviar a sua candidatura através do formulário online até as 23h59 do dia 14 de junho (horário de Bruxelas). É necessário preenchê-lo com informações sobre seu currículo e expressar a sua motivação (500 palavras).

Além disso, o candidato também deve enviar a descrição de um projeto cultural (máx. 1 mil palavras) que está sendo implementado ou será em um futuro próximo. O projeto deve ter: contexto, objetivos, principais atividades, resultados e impactos esperados.

Os selecionados para a bolsa para programa de liderança em cultura serão anunciados até o final de julho.

Acesse o edital do programa
Saiba mais sobre as edições anteriores do GCLP
Inscreva-se agora

Encontre aqui sua bolsa de estudos no exterior

Fonte:Partiu Intercâmbio

Veja também

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here