ETECRI Taubaté: sétima unidade será aberta em SP.

0

por redação Socialismo Criativo em 27/09/2018.

Taubaté, no Vale do Paraíba, em São Paulo, terá, a partir de agora, uma Escola de Técnicas de Economia Criativa (ETECRI). O projeto, que é do Governo do Estado, une educação e cultura para inserir cidadãos certificados na área da Economia Criativa. O acordo foi firmado entre instâncias municipal e estadual no dia 13 de setembro e a previsão é que, até o final deste ano, as aulas já estejam sendo oferecidas.

Prédio onde funcionará ETECRI Taubaté. Foto reprodução Prefeitura de Taubaté.

Na parceria, a Prefeitura Municipal ficará responsável pela estrutura física para funcionamento dos cursos, desde a escolha da sede até as despesas para sua manutenção. Já o Governo de São Paulo, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Inovação, oferecerá, além de know-how, programa pedagógico e material didático. A nova unidade – a sétima inaugurada no estado – funcionará no mesmo prédio que, antes, abrigava a Escola Técnica Estadual.

Os cursos de qualificação profissional são gratuitos e acompanhados por uma equipe técnica da coordenadoria de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante do Estado. O objetivo da ETECRI tem relação direta com desenvolvimento econômico e a geração de renda, porque estimula a criatividade e o empreendedorismo através de uma qualificação profissional alinhada aos avanços das tecnologias e às novas tendências de mercado.

São, ao total, sete cursos disponibilizados: vitrinista, recreacionista, food styling gastronomia, web design, práticas em mídias sociais, design de moda e grafite. As aulas são voltadas para pessoas que tenham a partir dos 16 anos e têm carga horária de 160 horas, divididas em pouco mais de 30 dias.

A Escola de Técnicas de Economia Criativa é uma iniciativa pública que o atual governador de São Paulo, Márcio França, criou quando foi secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. É um modelo diferenciado de oferta de cursos técnicos, porque sua proposta didática foca em aproveitar o intangível, a criatividade inerente ao ser humano, longe de meras automações.

A unidade de Taubaté irá compor um grupo que já reúne escolas em outras seis cidades: Campinas, Lençóis Paulista, Presidente Prudente, Santos, São Bernardo do Campo e São Vicente. A ETECRI, além da certificação nos cursos oferecidos, oportuniza ao aluno a formalização de um CNPJ de Microempreendedor Individual (MEI) e um plano de negócios para prospecção de investimentos.

Veja também

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here