Economia Criativa Como Estratégia de Desenvolvimento.

0

por redação em 24/07/2018. 

Hoje em Brasília o presidente do Instituto Pensar e coordenador do site socialismocriatovo.com.br Domingos Leonelli, proferiu uma palestra sobre economia criativa como estratégia de desenvolvimento, no workshop “Descoberta Empreendedora: Especialização Inteligente para a Economia Criativa que integra, O PROJETO BRASÍLIA 2060 – Sob a liderança do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), as palestras proferidas por Cláudia Leitão, Diretora do Observatório de Governança de Fortaleza, Domingos Leonelli, Presidente do Instituto Pensar e coordenador do site socialismocriativo.com.br e Gustavo Vidigal, Assessor Especial em Economia Criativa, Secretaria de Cultura do DF foram intituladas palestras mobilizadoras.

Workshop “Descoberta Empreendedora: Especialização Inteligente para a Economia Criativa – palestrante Domingos Leonelli.

Partindo do princípio que a Economia Criativa não deve ser considerada um acessório dos programas econômicos dos governos, Leonelli informou que o PSB adotou a economia criativa como estratégia de desenvolvimento por que tomou consciência da relevância deste setor.

Há mais de 40 anos que a indústria de transformação o chão de fábrica Taylorista vem declinando nos países mais desenvolvidos e a produção de intangíveis vem crescendo e hoje já é o setor que mais dinâmico das economias modernas.

Tanto é que as maiores empresas do mundo já não pertencem a indústria automobilística ou a do petróleo, mas sim as que produzem software, games, informação, intangíveis em rim.

As maiores empresas do século XXI são a Facebook, a Google, a Microsoft, a Amazon, a Alibaba, e outras ligadas a tecnologia da informação.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here