Curitiba recebe primeira rua interativa; veja como funciona a nova tecnologia.

0

por Daniela Borsuk em 

Um projeto piloto de uma startup curitibana começa a transformar a Alameda Prudente de Moraes, no Centro de Curitiba, na primeira rua interativa do Brasil. A ideia é promover uma “conversa” entre o comércio local e as pessoas que circulam pela rua.

(Foto: Cesar Brustolin/ SMCS)

Nas duas quadras entre as alamedas Augusto Stellfeld e Doutor Carlos de Carvalho foram instalados minúsculos dispositivos – denominados beacons – de tecnologia de localização capazes de transmitir para smartphones, via Bluetooth, informações sobre serviços existentes na rua. Tudo ocorre automaticamente e não é preciso baixar nenhum aplicativo. A interatividade criada está permitindo, por exemplo, que pessoas que passam pela rua conheçam cardápios secretos de restaurantes da região.

O projeto é da startup MCities, especializada em comunicação urbana, com rede de tecnologia embarcada, sensores e conexão capaz de coletar e transmitir dados.

QR Codes

Muros e fachadas do comércio da Prudente de Moraes também receberam, nas duas quadras do projeto-piloto, painéis com QR Code, que oferecem informações sobre a rua e sobre eventos, passeios e experiências por toda a cidade.

O procedimento de leitura é simples: basta direcionar a câmera do smartphone para o código de leitura do QR Code e, a partir daí, o usuário acessará pelo celular o conteúdo digital da MCities.

Segundo o CEO da MCities, o projeto-piloto da Prudente de Moraes deverá chegar a mais vias da capital nos próximos meses. “Estamos avaliando com a Prefeitura a possibilidade de levarmos esta inovação, por exemplo, para a Rua XV, no Centro, e para a Itupava, no Alto da XV”, revela Paulo Hansted.

A receita da startup curitibana é obtida com os anúncios veiculados na plataforma digital e com eventos promovidos por toda a cidade, como intervenções urbanas que começam no fim deste mês.

Inicialmente, a interatividade na alameda do Centro de Curitiba está disponível apenas para smartphones com sistema operacional Android. Para iOS, a solução deve estar disponível em 60 dias.

Colaboração Prefeitura de Curitiba

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here