Coletivo AfroCriadores na Central do Brasil

0

Há mais de seis meses, lançamos o Coletivo AfroCriadores na Central do Brasil, a maior passarela do Rio de Janeiro.

Decidimos mostrar nossas criações inspirados na diversidade de cores, gêneros, credos, formas e raça, sem primeira fila, sem VIPs, sem modelos conhecidos e nem influenciadores, apenas com a crença na moda democrática e na inovação social.

Muitas coisas aconteceram, e continuamos, mais que nunca, acreditando no poder da representatividade como multiplicador da auto-estima e na economia criativa.

Agradecemos à todas as marcas que iniciaram nossa trajetória conosco e contribuíram para essa realização; Abebé Moda Afro-Brasileira, A Grace Ateliê, Ailah, Atelie Ms. Vee, Baobá Brasil, Bieta Etnomoda, Julia Vidal Etnias, Letakani, Olorum, RD Black, Varal da Val gratidão.

Manifesto

Somos criadores negros, que usam a moda como veículo de expressão!
Nosso desejo é transformar padrões estéticos e redefinir padrões de consumo, de forma inclusiva e consciente, com pluralidade de ideias, formas, cores e linguagens.
Nossas marcas são expressões genuínas da representatividade, com produtos confeccionados, levando em conta: impactos sociais e ambientais.

Construímos e reconstruímos a matriz afro-brasileira nas nossas criações e com ela queremos deixar um legado na cultura negra criativa. Pensamos a moda, não apenas no contexto das passarelas e revistas, mas também a moda de gente comum, nas ruas da cidade.

Através de roupas, pinturas, estampas, acessórios e penteados nos expressamos e dizemos o que somos. A nossa imagem reflete identidade própria, e com ela, construímos e desconstruímos padrões, de uma cadeia que não pode se sustentar pela exclusão e pela exploração.

Assumir o protagonismo na construção da própria identidade negra fortalece e potencializa, não apenas o indivíduo, mas o movimento conjunto, onde somos espelhos para nossos semelhantes.

Estética também é política e “Moda é a nossa reação!”

Fonte: http://www.afrocriadores.com.br/

Veja também

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here