ECONOMIA CRIATIVA COMO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

0

ECONOMIA CRIATIVA COMO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO
Apresentação
O Partido Socialista Brasileiro – PSB realizará seu XIV Congresso Nacional nos dias 01, 02 e 03 de março/2018, contando com os seguintes Grupos Temáticos:
1. Economia Criativa como estratégia de desenvolvimento.
2. Sistema de governo, novas tecnologias e mecanismo de participação popular.
3. Projeto desenvolvimentista, com harmonização entre a política econômica, e política social.
4. Eleições 2018.

A título de subsídio às atividades que serão desenvolvidas nos Grupos Temáticos no XIV Congresso, serão elaborados documentos didáticos sobre cada assunto, unicamente com a expectativa de contribuir para que os(as) delegados(as) possam se informar / preparar, e realizar a escolha do grupo que pretendem participar.
Os documentos produzidos, dentro dessa perspectiva, serão encaminhados aos congressistas em intervalos regulares, assegurando-se que todos tenham tempo de se apropriar do material, formulando seus próprios juízos de valor, teses, comentários etc.
O documento, que encaminhamos inicialmente, trata da Economia Criativa, que vem revolucionando a sociedade contemporânea há, pelo menos, duas décadas e meia. Seus impactos se fazem sentir no modo de produção de valor, nos padrões tecnológicos predominantes, nas formas como se desenvolvem as relações sociais e grupais, nas interfaces comunicacionais etc.
Naturalmente articulada às áreas de educação, ciência, tecnologia e inovação, a Economia Criativa é elemento de primeira importância na elaboração de um Projeto de Desenvolvimento Nacional, e deve ser somada aos esforços pela qualificação da indústria nacional, nos aspectos tecnológicos, de produtividade, e competitividade.
A compreensão, de que temos que integrar nosso atual parque industrial, às potencialidades propostas pela Economia Criativa, tem grande relevo conceitual, uma vez que aponta os rumos que se deve tomar, para fundamentar uma visão estratégica de desenvolvimento, que possa alcançar pelo menos 30 anos, contribuindo, ainda, para retirar o País da crise, em que se encontra desde meados de 2013 – e que se relaciona ao baixo dinamismo econômico das últimas décadas, fruto, justamente, da inexistência de uma perspectiva desenvolvimentista, de longo prazo.
Esperamos, portanto, que o texto que disponibilizamos neste momento, organizado fundamentalmente a partir do Boletim de Conjuntura Brasil Nᵒ 6 da FJM, coordenado pelo companheiro Domingos Leonelli – intitulado Socialismo criativo – um modelo viável no Brasil – possa inspirar os(as) delegados(as) do XIV Congresso a atentarem para o tema, que tem potencial para revolucionar o Brasil, desde que receba a importância que merece, afastando-se o mau hábito do improviso, e das iniciativas de curto prazo.
Cabe registrar, por fim, que proporemos ao longo da realização do XIV Congresso, moção para que o tema da Economia Criativa componha o Projeto Nacional de Desenvolvimento, elaborado pelo PSB, e que será oportunamente apresentado ao País.
Carlos Siqueira
Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro – PSB

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here