BRASIL, TERCEIRO MERCADO MUNDIAL EM STARTUPS: SÓ A POLÍTICA NÃO VÊ.

0

por redação Socialismo Criativo em 13/02/2019.

Com os frequentes impactos da Economia Criativa nos PIBs de países como EUA e China, cada vez mais se observa a área e seu potencial de crescimento. O Brasil, que ainda ocupa o sexto lugar na economia do mundo, vem despontando, também, quando o assunto é criatividade e empreendedorismo.

Socialismo Criativo.


Por DINO

O Brasil é o terceiro país em número de startups no mundo: atrás somente de China e Estados Unidos, o mercado nacional tem mais de 35 milhões de pessoas trabalhando, liderando ou abrindo empreendimentos desta linha, segundo a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor.

Por outro lado, o faturamento destes negócios cresce em ritmo menos acelerado: estudo da Parallaxis mostra que 72% das startups brasileiras têm receita anual na casa dos R$ 50 mil, ficando somente uma pequena fatia de 6% em faixas mais altas, consideradas de destaque no mercado, como mais de R$ 500 mil ao ano.

Motivadas por índices como estes, ações voltadas a impulsionar o crescimento do mercado e da cultura empreendedora vêm aumentando gradualmente no país. Caso de eventos como o Community Leader Academy (CLA) RS, que será realizado de 15 a 17 de fevereiro em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, com foco em promover a formação de líderes de comunidade por meio da educação empreendedora.

Realizado internacionalmente pela Techstars, responsável pelo Startup Weekend, o CLA tem como objetivo conectar e discutir boas práticas que tragam maior maturidade e desenvolvimento às comunidades sobre todos os aspectos.

Segundo os organizadores, o evento é uma reunião de community leaders locais com pessoas que são fundamentais e relevantes na jornada empreendedora e no ecossistema de inovação e empreendedorismo do estado.

Em Caxias do Sul, são esperados mais de 50 participantes, que terão acesso a atividades práticas e networking em primeira mão. Segundo Luiz Henrique Petkovicz, diretor de Startups do SEPRORGS, um dos apoiadores da iniciativa, o CLA-RS é parte fundamental da atuação de entidades voltadas a atuar como agentes transformadores no cenário de empreendedorismo e inovação do estado e do país.

“O apoio ao CLA está diretamente relacionado ao desenvolvimento de novos empreendedores. Teremos as pessoas envolvidas e reconhecidas no ecossistema de inovação de suas regiões se dedicando a construir o senso de protagonismo, desenvolver suas habilidades de liderança e planejar os próximos passos para a comunidade”, finaliza o diretor.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here