A Fundação Banco do Brasil lançam edital para apoiar projetos de reaplicação de tecnologias sociais

0

A Fundação Banco do Brasil lança edital inédito para selecionar projetos de reaplicação de tecnologias sociais com foco em geração de trabalho e renda para organizações da sociedade civil em qualquer parte do País que queiram ampliar o alcance das tecnologias sociais, no total, estão disponíveis até 10 milhões de reais, para projetos que devem variar entre 500 mil e 1 milhão de reais cada. As inscrições vão até 29 de junho.

A  Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) leu o edital divulgado pela Fundação e identificou que o objeto dele é a seleção e o apoio a projetos de reaplicação de tecnologias sociais certificadas pela própria Fundação Banco do Brasil, que visem promover a geração de trabalho e renda.

As organizações interessadas podem identificar tecnologias constantes do Banco de Tecnologias Sociais da Fundação e proporem um projeto com base nela.

Podem concorrer entidades sem fins lucrativos, com mais de 2 anos de existência e sede ou experiência comprovada de atuação na região onde pretendem implantar o projeto. Além disso, a reaplicação deve ser necessariamente de iniciativas listadas no Banco de Tecnologias Sociais, acervo online que reúne todas as metodologias certificadas pela Fundação BB, desde 2001.

“Tecnologia social é toda solução – produto, técnica ou metodologia – desenvolvida para superar desafios sociais que reúne conhecimento científico e popular e é implementada com a participação da comunidade e de fácil adaptação em outra localidade.”

Explica a Fundação Banco do Brasil. 

Um exemplo é a Rede Bodega de Comercialização Solidária vencedora em 2017, que funciona em cinco municípios do Ceará. Essa bodegas são espécies de mercearias, onde há grande variedade de produtos à venda. Articulada pela Rede Cáritas, a iniciativa abriga trabalhos de 220 famílias de agricultores familiares, extrativistas, costureiras, artesãos, escritores e poetas, reunidos em cooperativas e associações.

“As entidades com diretorias compostas por, no mínimo, 50% de mulheres ou que possuam tecnologia certificada pela Fundação BB vão receber bonificação extra, conforme os critérios do edital”.

Explica a Fundação Banco do Brasil.

As propostas não podem ser enviadas online, somente por correios, e até as 18 horas do dia 29 de junho. Todas as informações, incluindo o edital, estão disponíveis aqui.

Related

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here